Café: bandido ou mocinho?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Depende do ponto de vista!

Vários estudos apontam que o café proporciona inúmeros benefícios ao nosso organismo, sobretudo devido a presença de antioxidantes que contribuem para um melhor funcionamento das nossas células e na liberação de dopamina, o neurotransmissor do bem estar. Mas quando falamos do efeito estimulante do café, que se deve a presença de cafeína, este efeito irá variar de pessoa para pessoa. Algumas por exemplo, podem tomar café o dia inteiro que não se sentem estimuladas, enquanto outras, tomam apenas uma pequena quantidade e já sentem o coração bater mais rápido. E se consumirem durante a noite então, chegam a perder até o sono!

O importante é ter em mente que o café faz bem á saúde, porém que a dose será diferente para cada pessoa. Por isso a importância de você se conhecer, respeitar os seus limites e consumir na medida certa para você!

E para vocês? O café tem se mostrado vilão ou mocinho?

Mônica Stockler
CRN-SP 326979

Mônica Stockler

Mônica Stockler

Deixe seu comentário!

Mônica Stockler

Mestranda no Curso Internacional de Nutrição e Dietética com ênfase em Nutrigenômica e Antiaging, Universidad Europea Del Atlántico, Barcelona / Espanha.

Pós-graduada em Nutrição Clínica e Estética pelo IPGS em 2013.

Experiência em Atendimento Nutricional Clínico desde 2008, Graduada na Universidade Paulista- UNIP.

Posts recentes

Receba novidades em seu e-mail

Receba dicas, receitas e novidades sobre meu trabalho e sobre o mercado da Nutrição.