Dia Mundial da Diabetes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Dia Mundial da Diabetes – 14 de Novembro

A Diabetes é uma doença crônica que ocorre quando o pâncreas não produz mais insulina suficiente ou sua ação se torna prejudicada. A função principal da insulina é promover a entrada de glicose nas células do organismo permitindo o seu aproveitamento como fonte de energia, entretanto a falta da insulina ou o defeito em sua função, resultam no acúmulo de glicose no sangue, a hiperglicemia, caracterizada por dosagens em jejum acima 100 mg/dl. O nível de glicemia em jejum não é o único fator suficiente para dignosticar a doença, por isso a importância de realizar análises frequentes com o acompanhemento do médico e nutricionista.

Se não for controlada, a Diabetes pode trazer sérias consequências ao portador, como a doença ou insuficiência renal, retinopatia com perda parcial ou total da visão, amputações, infarto ou AVC, ou seja, inúmeras complicações com o possível desenvolvimento de sequelas irreparáveis.

Dentre os fatores que predispõe o desenvolvimento da doença se destaca o estilo de vida moderno, geralmente acompanhados da má alimentação, sobrepeso ou obesidade e sedentarismo, o que só estimula o aumento da incidência da Diabetes, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) a taxa de incidência cresceu 61,8% nos últimos 10 anos e o Brasil já ocupa o 4° lugar no ranking de países com maior incidência da Diabetes.

Devido ao crescente aumento da incidência e a gravidade desta doença crônica, os riscos e custos que ela traz para a sociedade como um todo, o objetivo da campanha é conscientizar o mundo, e o mais importante, destacar a importância da prevenção e educação nos cuidados de pacientes com esta doença e de seus respectivos familiares.

Um dos principais destaques se dá para o quanto uma alimentação equilibrada pode tratar e principalmente, PREVENIR esta doença, ainda mais quando acompanhados de um estilo de vida saudável com a prática de atividade física e check ups frequentes.

Confira abaixo 8 dicas importantes que contribuem para um bom nível de glicose no sangue:

1) Equilibre o consumo de carboidratos (pães, frutas,doces, massas, arroz, etc.) ao longo do dia e dê preferência aos integrais;
2) Evite adicionar açúcar as preparações;
3) Realize refeições com intervalos regulares e distribua o consumo de folhas e vegetais (alimentos fonte de fibras) ao menos 2x/dia;
4) Evite o consumo de alimentos industrializados, prefira os alimentos naturais;
5) Limite o consumo de gordura saturada (carnes gordurosas, leite integral, queijos amarelos, manteiga, coco, alimentos industrializados em geral);

6) Pratique atividade física, procure a orientação de um profissional educador físico;
7) Evite dormir ou deitar logo após as principais refeições;
8) Se hidrate adequadamente bebendo água ao longo do dia!

E lembre-se o auto-cuidado deve ser exercitado todos os dias para uma vida longa e de qualidade, a famosa frase já diz “prevenir é o melhor remédio!”

Observação: Caso ainda tenha dúvidas com relação a estas questões conte com o auxílio de um nutricionista, será o profissional ideal para te orientar e organizar a distribuição de nutrientes ao longo do dia, de acordo com sua rotina e necessidade!

Um grande abraço,

Dra. Mônica Stockler
CRN-SP 326979

Mônica Stockler

Mônica Stockler

Deixe seu comentário!

Mônica Stockler

Mestranda no Curso Internacional de Nutrição e Dietética com ênfase em Nutrigenômica e Antiaging, Universidad Europea Del Atlántico, Barcelona / Espanha.

Pós-graduada em Nutrição Clínica e Estética pelo IPGS em 2013.

Experiência em Atendimento Nutricional Clínico desde 2008, Graduada na Universidade Paulista- UNIP.

Posts recentes

Receba novidades em seu e-mail

Receba dicas, receitas e novidades sobre meu trabalho e sobre o mercado da Nutrição.